Evite multas! Saiba tudo sobre o Rack de Teto

Home / Dicas / Evite multas! Saiba tudo sobre o Rack de Teto

como usar o rack de teto

 

Rack de teto é um item muito útil nas viagens de férias dos brasileiros. Tanto é assim que muitos daqueles que não contam com o acessório no veículo providenciam a sua instalação. Afinal, com o bagageiro cheio, sempre sobra espaço para levar mais alguma coisa na parte de cima do carro.

Mas você sabe como usar corretamente e o que é permitido ou não pela lei no que diz respeito ao rack de teto?

Se você achava que esse item escapava dos olhos da legislação, vale ficar ligado neste artigo da Satway que preparamos para você.

Para aproveitar as férias e pegar a estrada com toda tranquilidade e segurança, um pouco mais de conhecimento sempre cai bem. Ao longo da leitura, você vai descobrir mais sobre o rack de teto: para que serve e como usar dentro das regras. Será que você pode receber uma multa por transportar objetos de forma irregular no seu carro?

Aliás, o que configura a irregularidade?
E será que dá para recorrer da infração?

Essas e outras perguntas serão respondidas a partir de agora.

Boa leitura!

Para Que Serve o Rack de Teto Para Carros?

O rack de teto é uma verdadeira “mão na roda” para os motoristas. São aquelas barras paralelas que ficam sobre o veículo, utilizadas para o transporte  determinado os itens. A sua principal função é maximizar o espaço do carro. Quer um ótimo exemplo?

benefícios do rack de teto

Vamos imaginar que você adora pedalar nas férias, mas não é possível ir de bicicleta até a praia que você deseja ficar. Qual é a solução mais rápida e prática? Um rack de teto, é claro. Além da instalação ser muito prática (veremos isso em breve), o investimento não é caro. Afinal, estamos falando de um acessório bastante simples, embora de grande utilidade. É, certamente, um ótimo custo-benefício para o seu carro. Agora, imagine uma outra situação: Sua família vai sair de férias: o casal e três filhos.

Além de todos os passageiros, é necessário levar roupas, sapatos, cobertores, travesseiros e muito mais itens. Quem não se identifica com essa situação, não é mesmo? Para aliviar um pouco a situação dos passageiros e levar tudo que você precisa, um rack de teto baú é uma excelente ideia. Assim, você aumenta a capacidade de transporte do automóvel sem prejudicar o conforto interno.
Quais São As Regras Para o Rack de Teto 2018?

Que o rack de teto é útil, não temos dúvida. Mas agora precisamos esclarecer as regras para esse ter e usar esse acessório no seu carro.

O transporte de cargas no teto do veículo é mencionado tanto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) quanto por resoluções do Contran (Conselho Nacional de Trânsito). Veja o que diz o artigo 109 do CTB sobre o transporte de cargas:

“Art. 109. O transporte de carga em veículos destinados ao transporte de passageiros só pode ser realizado de acordo com as normas estabelecidas pelo CONTRAN.” Portanto, é o Contran que define o que é ou não válido na hora de os motoristas transportarem cargas em seus veículos particulares, destinados ao transporte de passageiros.

O bagageiro externo é essencial para o transporte de objetos, principalmente em viagens longas em que é necessário carregar mais cargas e deixar espaço livre para que os ocupantes do carro tenham conforto. Confira o peso máximo permitido, a maneira ideal de transportar bicicletas e as regras para transportar cargas em picapes.

Carga Máxima

Antes de instalar o equipamento é necessário saber qual é o peso máximo que será carregado. Normalmente, os tetos dos automóveis suportam em torno de 50 a 80 quilos. Por lei, a carga não pode ultrapassar os 50 cm de altura, com exceção das bicicletas que tem uma legislação específica de transporte.

Sempre coloque no bagageiro os itens de menor peso e que ocupam mais espaço dentro do carro. Para evitar que a bagagem caia na estrada e afete a dirigibilidade de outros motoristas, ela deve ser presa com cadeados e travas específicas.

Bicicletas

Existe uma parte específica no Código de Trânsito que trata do transporte de bicicletas na parte externa do veículo (capítulo III da Resolução 349/2010, do Contran – Conselho Nacional de Trânsito). A bicicleta pode ser transportada na parte posterior externa ou sobre o teto, desde que fixada em dispositivo apropriado, móvel ou fixo, aplicado diretamente no veículo ou acoplado ao gancho de reboque. Os racks mais conhecidos são aqueles que ficam apoiados na tampa do porta-malas do veículo.

Elas não podem impedir a visão pelo vidro traseiro nem esconder as luzes de freio, ré, dos indicadores de direção e nem exceder a largura máxima do automóvel. A altura máxima permitida para carregar o equipamento no teto do automóvel é de 4,40 m.

Picapes

As leis de transporte de carga também se aplicam as picapes, além da carga normal que ela transporta, elas aceitam um pequeno bagageiro para colocar uma carga adicional, que nunca deve exceder a largura total da picape. Em caso de cargas muito extensas que excedam o tamanho da caçamba, é permitido ultrapassar somente 60% do comprimento entre as duas rodas, contado a partir da roda traseira.

O bagageiro pode ser utilizado para transportar sofás, caibros e madeira, desde que respeite os limites de carga e mantenha a placa e as lanternas traseiras visíveis para o motorista que vem atrás.

Desempenho

O comportamento do carro muda após a instalação do bagageiro. O centro de gravidade se desloca um pouco e o veículo fica mais instável, principalmente nas curvas realizadas em alta velocidade e trechos inclinados. Por isso, é preciso muito cuidado!

Fique atento e boa viajem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *